18/02/22

Duas alegrias em uma única festa: Irmã Benigna e Monsenhor Domingos cada vez mais perto da honra dos altares

Com grande alegria, a Arquidiocese de Belo Horizonte, a Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade e a Associação dos Amigos da Irmã Benigna comunicam que o Papa Francisco, nesta sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022, autorizou a promulgação do decreto que reconhece as Virtudes Heroicas da Serva de Deus Benigna Victima de Jesus.

Até o momento, ela era reconhecida como “Serva de Deus”. Agora, com o título de Venerável, caminha, a passos largos, ao próximo passo: o processo de beatificação.

A declaração do Decreto de Venerável significa que Irmã Benigna viveu, em grau heroico, as virtudes cristãs da fé, da esperança, da caridade, da fortaleza, da humildade, da prudência, da justiça e da temperança.

Mas quem foi esta grande mulher? Em vida, já era chamada de santa. Nascida na cidade de Diamantina, MG, no dia 16 de agosto de 1907, foi acolhida na Glória dos Céus no dia 16 de outubro de 1981. Religiosa da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, a Venerável Benigna Victima de Jesus dedicou sua vida à caridade e à oração. Seu processo diocesano de beatificação foi aberto em 15 de outubro de 2011 e, hoje, encontra-se no Vaticano.

Sua relíquia se encontra no Recanto Monsenhor Domingos, em Caeté, MG, aonde os fiéis acorrem para orações, súplicas e agradecimentos pelas graças alcançadas por meio de sua intercessão e podem, ainda, visitar o Memorial Irmã Benigna com sua relíquias e memórias.

O seu tempo não era seu; fazia orações prolongadas, caminhava longas distâncias para ir ao encontro das pessoas, carregava sacolas pesadas de doações para saciar a fome dos pobres e atendia, com generosidade e prontidão, as necessidades dos aflitos. Com simplicidade, fundamentava toda a sua ação apostólica na repetida frase “Jesus tem pressa!”.

Com essa mesma inspiração, de que Jesus tem pressa, seus fiéis devotos perseveram em  orações e promovem ações solidárias. Anunciar a promulgação desse decreto significa a reafirmação do compromisso evangélico com o cuidado e o acolhimento da vida dos mais necessitados. Façamos, então, memória, orações e ações, neste momento, pelas vítimas das chuvas na cidade de Petrópolis.

A notícia não para por aí. A Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, anuncia o encerramento da fase diocesana do processo de beatificação de seu fundador, o Servo de Deus Domingos Evangelista Pinheiro, que, agora, também segue para o Vaticano.

No próximo dia 05 de março de 2022, às 11h, no Recanto Monsenhor Domingos, em Caeté, MG, realizar-se-á a Missa em Ação de Graças pela concessão do título de Venerável Benigna Victima de Jesus e de encerramento da fase diocesana do processo de beatificação do Servo de Deus Domingos Evangelista Pinheiro, presidida pelo Arcebispo Dom Walmor Azevedo de Oliveira.

Será um momento de muitas bênçãos e graças, que desejamos compartilhar com todos os devotos e com toda a sociedade.

Venham rezar conosco!

Madre Teresa Cristina Leite

VOCÊ TEM 4 MINUTOS?

Notícias mensais